100%

Comissão de Saúde reuni-se para tratar sobre a territorialização das ESF e denuncias sobre o Hospital Casa de Saúde


 Nesta quinta-feira (23), a Comissão de Saúde e Meio Ambiente realizou duas reuniões no Legislativo Municipal. Inicialmente, os parlamentares receberam, no Plenário, os agentes de saúde do Bairro Lídia para tratar sobre o processo de territorialização da comunidade. Participaram do encontro as representantes da secretaria de saúde do município, Ana Paula Secrig, Luciana Molino, Elenir Anversa e Maria Suzana Lopes. Na segunda reunião, a Comissão em conjunto com a Comissão Especial referente às unidades de saúde discutiram as denúncias relativas ao Hospital Casa de Saúde.
As agentes de saúde procuraram os parlamentares para informar sobre o novo projeto que está sendo criado pelo Executivo. O projeto modifica o alcance das Estratégias de Saúde da Família (ESF). Segundo Suzana, o projeto ainda não foi definido e passa por uma fase de reestruturação até ser colocado em prática. “Antes de começarmos a agir, primeiramente estamos realizando um estudo sobre o nosso território, analisando os pontos de vulnerabilidade, mas, para planejar a saúde, precisamos incialmente conhecer nosso território”, explicou.
Elenir Anversa, explicou sobre o setor censitário e a forma como será feita a nova territorialização. Na próxima sexta-feira (24), uma reunião de capacitação acontecerá no Núcleo de Educação Permanente (NEP) com um geógrafo especializado que irá trazer mais informações para o projeto. “ Estamos operando com base na Política Nacional de Atenção Básica para que o projeto seja colocado em todo o território de Santa Maria e possa contemplar todos os moradores que precisam das ESFs”, informou.
A territorialização é utilizada na Saúde como ferramenta para facilitar a cobertura da atenção primária à população. A delimitação geográfica de um território permite a Saúde conhecer características da população, bem como desenvolver programas e projetos viáveis frente aos diagnósticos levantados. Tem como objetivo definir áreas territoriais de responsabilidade para as equipes locais de saúde visando a vigilância em saúde, no município o último dado realizado foi feito no ano de 2004.
Badke informou que a comissão irá realizar uma audiência pública para tratar sobre o novo projeto juntamente com os agentes de saúde das unidades básicas e ESFs.



CASA DE SAÚDE - Na segunda parte da reunião a Comissão Permanente de Saúde e Meio Ambiente reuniu-se com os membros da Comissão Especial – Pastor João Chaves, João Kaus e Daniel Diniz - que irá fazer o acompanhamento dos procedimentos e estruturas relacionadas a saúde. Os vereadores ouviram os relatos sobre possíveis irregularidades no Hospital Casa de Saúde de Santa Maria.
A primeira denúncia aconteceu no mês de maio, quando a jovem Bruna Fani, solicitou participar da comissão para relatar as irregularidades que aconteceram durante o seu parto na maternidade da instituição. Segundo Fani, os procedimentos realizados durante o nascimento do seu bebe foram os responsáveis pelos problemas posteriores que levaram a morte da criança. Após o relato de Bruna, outros pais procuraram a comissão para relatar casos semelhantes.
Inicialmente o advogado Leonel Walter Quintero relatou sobre o processo enviado ao Ministério Público a pedido de Elvio da Silva Souza, pai de uma das crianças que nasceu no Hospital e que três anos após o nascimento teve problemas de saúde e faleceu; O advogado explicou inicialmente os processos jurídicos já realizados pelos familiares das crianças. Posteriormente, Elvio relatou aos parlamentares como foi realizado o nascimento do seu primeiro filho, feito por uma técnica de enfermagem na instituição. “ Foi há três anos, quando levei minha esposa até o hospital para que meu filho nascesse. Chegamos em torno de 7 horas da manhã e durante todo o período da manhã não recebemos nenhum tipo de acompanhamento. Minha mulher sofreu do início ao fim, com um procedimento feito por alguém que não tinha competência para realiza-lo. Nosso filho nasceu com prolapso de cordão e teve paralisia cerebral. Só quero que a justiça seja feita que mais nenhuma criança ou família passe por esse sofrimento”, mencionou Souza. Segundo Elvio, há cinco crianças que nasceram com problemas semelhantes, três deles com a mesma médica e parte das crianças foram a óbito posteriormente.
Sandra Braz Hertz, representado a secretaria de saúde do município acompanhou a reunião e solicitou aos familiares que fizeram o relato que entrassem em contato com a secretária do município para encaminhar providencias.
Após ouvir os relatos dos pais, a Comissão Especial informou que fará uma nova reunião na próxima segunda-feira (27) para definir as atribuições de cada componente e também elaborar o cronograma de trabalho que inclui entrevistas com os denunciantes e visitas nos locais que receberam a denúncia. O grupo fara novos pedidos de informações sobre os convênios entre a prefeitura e a SEFAS.


Texto: Karohelen Dias
Foto: Carolina Escher e Gabriele Wagner.
 

Notícias

Câmara sedia aula presencial do curso de Educação Fiscal
Câmara sedia aula presencial do curso de Educação Fiscal

Na manhã desta sexta-feira (28), a Câmara Municipal de Vereadores sediou a aula presencial do Curso de Disseminadores da Educação Fiscal numa parceria entre os responsáveis do Programa de Educação e a Comissão de Finanças do Legislativo.

Sessão Ordinária, 27 de abril de 2017
Sessão Ordinária, 27 de abril de 2017

TRIBUNA LIVRE: O espaço foi utilizado pela professora Patrícia Machado, do Instituto Educacional Olavo Bilac, que divulgou a Carta Aberta ao Governador José Ivo Sartori. No documento, os trabalhadores de educação do Instituto manifestam insatisfação e contrariedade com pacotes de medidas encaminhados pelo Governador à Assembleia que atingem o setor na educação. Na Carta Aberta, é solicitado que o Estado reconsidere as medidas e garanta os direitos já conquistados. A Carta foi protocolada na Casa Civil em Porto Alegre, no final de março, pelo Instituto com intenção de sensibilizar o governador.
Os vereadores aprovaram requerimento, de autoria do vereador Valdir Oliveira, solicitando envio de moção de apoio e solidariedade à Carta Aberta encaminhada pelos professores e funcionários do Instituto Estadual de Educação Olavo Bilac ao governador José Ivo Sartori. O vereador parabenizou os servidores do Instituto, que é referência no ensino na região central do Estado. “A valorização da educação representa um futuro verdadeiramente desenvolvido”, ponderou.

Entidades pedem auxílio ao Legislativo
Entidades pedem auxílio ao Legislativo

Nesta manhã de quinta-feira (27), o Presidente da Câmara de Vereadores, Admar Pozzobom, participou de uma reunião na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) com a participação do presidente da APAE, Júlio César de Almeida Brenner, da Associação Colibri, representada por Mariana Delcul e da Escola Antônio Francisco Lisboa representada pela diretora Sonia Gentile. Também estiveram presente pais e funcionários envolvidos com os alunos excepcionais.

Presidente da Câmara destaca atividades do Legislativo em entrevista radiofônica
Presidente da Câmara destaca atividades do Legislativo em entrevista radiofônica

Em entrevista à radio santa-mariense nesta quarta-feira (26), o presidente do Poder Legislativo de Santa Maria, Admar Pozzobom, destacou as atividades na Câmara Municipal de Vereadores e falou sobre Segurança Pública, SAMU/UPA, Cemitérios da cidade, Hospital Regional, Parque de máquinas e obra da câmara. O programa de rádio foi apresentado por Paulo SIdinei Schmidt.

Sessão Ordinária, 25 de abril de 2017
Sessão Ordinária, 25 de abril de 2017

TRIBUNA LIVRE: O espaço foi utilizado pelo professor Willian Fonseca, do curso de Engenharia Acústica da UFSM, que divulgou a VII Semana Municipal de Conscientização sobre Ruído que acontece, tradicionalmente, na última semana de abril. Entre as atividades desenvolvidas na Semana estão as audiometrias gratuitas e as medições de fones de ouvidos.
O curso de engenharia acústica da UFSM, pioneiro no Brasil e reconhecido pelo MEC em 2014, possui laboratório de ensino, pesquisa e extensão. “Santa Maria é um polo de acústica no Brasil”, destacou, informando que há egressos trabalhando em diferentes locais do país e no exterior.

Comissão de Políticas Públicas discute sobre as árvores que dificultam o acesso nas calçadas do bairro Nossa Senhora de Lourdes
Comissão de Políticas Públicas discute sobre as árvores que dificultam o acesso nas calçadas do bairro Nossa Senhora de Lourdes

A Comissão de Políticas Públicas e Assuntos Regionais recebeu na tarde desta terça-feira (25), Girce Souza – chefe de gabinete da Secretaria de Meio Ambiente; Adriana Cheiran e Zaluar Soares – representantes da Defesa Civil de Santa Maria; Júlio Neto - membro da diretoria do Instituto de Planejamento de Santa Maria (IPLAN); Ramon Vieira Mathias – síndico do residencial Bourbon e Cleio Simas – conselheiro fiscal do residencial Bourbon.